Selecione seu Estado São Paulo
Sexta-Feira, 07 de Agosto de 2020


E-mail:
Senha:
Cadastre-se Login
Acessando.... Erro ao acessar. Esqueceu sua senha?

CVG-RJ: qual será o papel do corretor de seguros no pós-pandemia?

Fonte: Segs Data: 31 julho 2020 Nenhum comentário

Artigo da semana publicado no site Clube conta com perspectivas para o trabalho da categoria com o uso cada vez maior de tecnologia

Fechando a série criada pelo Clube Vida em Grupo do Rio de Janeiro (CVG-RJ) para trazer conhecimento e informações ao público diante das mudanças provocadas pela COVID-19, a entidade publica em seu site, nesta semana, artigo do presidente do Sincor-RJ, Henrique Brandão. O texto traz perspectivas para o corretor de seguros no pós pandemia.

“A pandemia do coronavírus nos proporcionou a oportunidade de provar, de vez, que a máquina não pode fazer tudo o que um ser humano qualificado já faz. Muitos segurados se acostumaram com o atendimento feito por meio remoto, mas não abrem mão da qualidade, da informação detalhada sobre eventuais dúvidas, coberturas, vigências, cláusulas excluídas, direitos e deveres que constam dos contratos de seguros. Somente o corretor é capaz de unir tecnologia, atendimento humano e conhecimento”, afirma Brandão no texto.

Leia na íntegra em www.cvgrj.com.br.

Sobre o CVG-RJ |

O Clube Vida em Grupo do Rio de Janeiro surgiu há 53 anos com o objetivo de estimular o crescimento dos Seguros de Pessoas no Brasil. Hoje, as empresas beneméritas colaboram para que o CVG-RJ desenvolva as suas atividades, entre seguradoras, corretoras, consultorias e assessorias de seguro.

Ao todo, são mais de 1.200 associados, que participam de suas atividades. Em cursos de capacitação profissional, foram capacitados milhares de alunos, que hoje desempenham funções importantes nas empresas do mercado.

 

Para participar e deixar sua opinião, clique aqui e faça login.

 

Últimas