Selecione seu Estado São Paulo
Terça-Feira, 21 de Agosto de 2018


E-mail:
Senha:
Cadastre-se Login
Acessando.... Erro ao acessar. Esqueceu sua senha?

Franquia revela como busca inovar com seguros populares e no aumento das vendas

Fonte: SEGS Data: 10 abril 2018 Nenhum comentário

Bidon Corretora de Seguros investe em cursos on-line e apoia franqueados que colocam a mão na massa para crescer no próprio negócio e ser referência para outros empreendedores

Audácia e olhar atento ao mercado são fatores que andam de mãos juntas para se superar nos negócios, principalmente quando o assunto é franchising. Para quem busca investir em uma franquia por se tratar de um modelo já testado e pronto para entrar em funcionamento deve ter em mente que é possível sim buscar inovação para o seu negócio.

Muitas redes de franquias dão abertura para que os franqueados adotem características ousadas e diferenciadas para atrair e fidelizar o cliente.

Henrique Mol, diretor da Bidon Corretora de Seguros, rede de franquias com 130 unidades operando exclusivamente home office no Brasil, afirma que o mercado hoje passa por uma verdadeira revolução tecnológica. É extremamente necessário acompanhar as mudanças e estar sempre um passo a frente para lançar novidades na rede. “A Bidon investe sempre na alimentação de novas ferramentas de divulgação, através de redes sociais e comunicação direta ao franqueado. Hoje podemos citar nossa Academia de ensino como uma de nossas grandes novidades. Um projeto totalmente inovador de capacitação, com emissão de certificado de conclusão dos cursos disponibilizados dentro da academia, que oferece dicas comerciais e operacionais para o negócio”, conta.

Segundo recente pesquisa divulgada pela ABF (Associação Brasileira de Franchising) em parceria com a Confederação Nacional de Serviços (CNS), revelou que do total de redes de franquias pesquisadas, 91,8% introduziram algum novo produto ou serviço entre 2014 e 2016 – seja na própria empresa, no mercado nacional (57,3%) ou mundial (11,1%) - e apenas 8,2% delas não o fizeram. Dentre as empresas que se mantiveram inovadoras, 37,4% realizaram mudanças significativas em seus modelos de negócios no Brasil.

Sede de empreender

Todo negócio requer desafios e nada melhor do que buscar respostas e alternativas para enfrenta-los. Para isso, é necessário manter-se atualizado com as tendências de mercado e a área de atuação, afinal conhecimento nunca é demais.

Outra dica apontada pelo empresário é ter sede de empreendedorismo, vontade de crescer não somente no próprio negócio, mas como também poder se tornar referência para outros empreendedores. “A rede oferece espaço e apoia as mentes criativas que buscam implantar algo novo na sua franquia. Pois se o franqueado cresce a rede também cresce junto”, ressalta Mol, que acrescenta: “É justamente aí que está o sentido do negócio, ser algo desafiador é uma prova constante de ter sempre a capacidade de superar obstáculos e conseguir sempre tirar aspectos positivos das dificuldades do dia a dia”.

O empresário reforça que um dos maiores erros das pessoas é enxergar o corretor de seguros apenas como um simples vendedor que faz apenas o seu seguro de automóvel. “Essa visão deturpada é grande parte culpa dos próprios corretores que em sua grande maioria não fez nada para se diferenciar. Hoje em dia as pessoas não precisam de um produto de “prateleira” no qual vão escolher baseadas apenas em valor, as pessoas estão carentes de consultoria e de profissionais realmente capacitados e preparados para atender do início do processo até o final. É comum vermos corretores que não dominam nem mesmo o básico que está descrito numa proposta de seguros para poder explicar e detalhar todas as coberturas ao seu cliente”, diz sobre a importância de estar inovando com um produto que já é popular no mercado.

Outro erro frequente apontado pelo executivo é o corretor não se valorizar como profissional. Muitas vezes o profissional faz o seguro de automóvel do seu cliente, porém esse mesmo cliente tem uma apólice de seguro de vida em seu banco, uma apólice de seguro empresarial com outro corretor. “Isto ocorre não pelo fato do cliente não ser fiel, mas sim pelo fato dele realmente não saber dos produtos no qual este corretor trabalha, portanto é imprescindível que o profissional deva sempre divulgar seu trabalho de forma ampla a fim de evitar esse tipo de perda de negócios que é cada dia mais frequente”, lembra.

Segredo de sucesso nos negócios

Henrique ressalta que não existe uma “fórmula mágica” para se ter sucesso no mercado de seguros. O que o franqueado deve levar em conta é que este segmento é muito abrangente, já que segundo a SUSEP (Superintendência de Seguros Privados), o Brasil conta que 95 ramos diferentes de seguros.

Mas... e como explorar esse potencial? O empresário afirma que: “O segredo é bem simples, basta que o corretor de seguros trabalhe dentro da transparência mantendo sempre o princípio básico da honestidade junto a seus clientes e junto as informações transferidas às seguradoras; tenha domínio sobre o ramo em que está atuando, por exemplo, se o corretor deseja segmentar sua carteira apenas para trabalhar com seguro de vida é imprescindível que ele seja um “especialista” neste assunto e conheça todas as regras do produto, fazendo assim com que seu cliente perceba que ele não é apenas um vendedor de seguros, mas sim, um verdadeiro consultor que está apto a lhe atender e tirar suas dúvidas a qualquer momento”, frisa.

Outro detalhe importante revelado é a prospecção que é responsável hoje por praticamente 100% de seu sucesso. O corretor que não faz um bom trabalho de prospecção dificilmente terá sucesso neste mercado.

Saindo da zona de conforto

O empreendedorismo exige que as empresas devam sempre estar se inovando para se sobressair no mercado. Para isso, é necessário sair da zona de conforto e buscar constantemente pôr em prática novidades, seja através de serviços ou ações para dentro da empresa. É o caso do atendimento, já que a primeira impressão é sempre a que fica.

Mol conta que uma empresa em franco crescimento deve sempre se policiar para nunca se acomodar. “A Bidon deixa como aprendizado para outros empreendedores uma frase que realmente reflete nossa realidade: ‘O seu crescimento depende do tamanho do seu esforço, ou seja, quem traça um objetivo, deve sempre se esforçar para conquistar além deste objetivo’. Entendemos que o processo de crescimento é doloroso e muitas vezes as pessoas pensam em desistir diante das primeiras adversidades. Muitas vezes não estão preparadas para lidar com as consequências do crescimento, e é justamente nesse momento que muitas delas desistem e acabam ficando a vagar sem espaço no mercado por não conseguir usar as dificuldades em prol do crescimento pessoal e corporativo. Inércia jamais. Incentivamos nossos franqueados a estarem sempre em frente na busca de seus objetivos”, conclui o empresário.

Sobre a Bidon Corretora de Seguros

A Bidon Corretora de Seguros surgiu em 2010, em Campo Bom, região metropolitana de Porto Alegre (RS), e entrou para o mercado de franchising em setembro de 2016. Ou seja, é novidade no mercado de franchising, mas com forte atuação e experiência no mercado de seguros. A marca já possui 130 franqueados, pelo sistema home office (modelo de negócio da franquia), e atua comercializando seguros nas áreas de: acidentes pessoais, empresarial, condomínios, responsabilidade civil, risco de engenharia, imobiliário, caminhão, motos, frotas de veículos, e o carro-chefe – seguros de automóveis. Além disso, a Bidon oferece carta verde, consórcios, previdência privada, fiança locatícia, planos odontológicos e de saúde, e seguros de vida (individual e coletivo), residencial e de viagem. E o investimento inicial da Bidon Corretora de Seguros – aproximadamente R$10 mil – é outro grande atrativo da rede.

 

Para participar e deixar sua opinião, clique aqui e faça login.

 

Últimas