Selecione seu Estado São Paulo
Segunda-Feira, 18 de Fevereiro de 2019


E-mail:
Senha:
Cadastre-se Login
Acessando.... Erro ao acessar. Esqueceu sua senha?

Prefeitura do Rio renova plano de saúde do servidor com Grupo Assim por mais 2 anos

Fonte: Extra Data: 04 fevereiro 2019 Nenhum comentário

O Previ-Rio renovou por mais dois anos o contrato com o Grupo Assim Saúde para operar o Plano de Saúde do Servidor Municipal (PSSM) da Prefeitura do Rio. Com isso, fica mantido o desconto de 2% sobre o total dos vencimentos para o ativo ou o inativo do plano básico, para consultas, exames ou internações na rede credenciada. No caso do dependentes, dos pensionistas ou dos servidores que utilizam planos superiores, foi acertado um reajuste anual de 6,35%.

Todo servidor ativo da administração direta, de autarquia ou fundação, inativo ou pensionista do Funprevi que esteja em folha de pagamento pode aderir ao PSSM. Os dependentes rambém podem ser incluídos: filhos(as), netos(as), cônjuge, companheiro(a) com união estável e pais. Mas a inclusão de dependentes somente pode ser feita se houver margem consignável disponível. O valor cobrado por cada dependente segue a tabela da operadora.

A tabela de reajuste do plano básico, que vigorará a partir do próximo mês, para dependentes, pensionistas e estranhos aos quadros vai estar disponível no site http://www.rio.rj.gov.br/web/previrio/plano-de-saude. Na manhã desta segunda-feira, dia 4, ainda não era possível fazer essa consulta. Os pensionistas e os estranhos aos quadros pagam integralmente o valor do plano, de acordo com a faixa etária.

Regra de adesão

O servidor que toma posse tem 60 dias, a partir da data do recebimento do contracheque, para aderir ao plano de saúde sem carência. Os recém-casados ou que tivweram filhos têm 30 dias para a inclusão de seus dependentes.

 

Uma vez por ano, o Previ-Rio abre um período de migração, no qual é permitida a adesão ao plano sem carência, a exclusão de titular e/ou do dependente ou a troca de operadora.

 

Para participar e deixar sua opinião, clique aqui e faça login.

 

Últimas